Total de visualizações de página

Contra o Grêmio, Andrezinho tem até gol em final com a fíbula fraturada

Meia do Botafogo lembra conquista do título do Campeonato Gaúcho do ano passado, o último pelo Inter, sobre o rival deste domingo, no Olímpico

 

Por Thales Soares Rio de Janeiro


video

 Andrezinho tem uma história de conquistas no Inter em mais de cem jogos disputados com a camisa colorada. Nesse período, teve a chance de viver de perto a intensidade da rivalidade com o Grêmio. Neste domingo, às 18h30m (de Brasília), ele voltará a jogar no Olímpico, agora pelo Botafogo.

No ano passado, pelo Campeonato Gaúcho, Andrezinho viveu um momento especial vestindo a camisa do Inter. No segundo jogo da decisão (veja o vídeo), no Olímpico, ele marcou o segundo gol da vitória por 3 a 2, que levou a disputa para as cobranças de pênaltis, quando acabou celebrando o título.

- Sempre que volto a Porto Alegre é uma emoção muito grande. Foram quatro anos de felicidades e conquistas importantes. Na final do Gaúchão de 2011, eu me machuquei aos 30 minutos e fiz o gol aos 46 (do primeiro tempo). Eu estava com a fíbula fraturada (da perna esquerda). Havíamos perdido no Beira-Rio e conseguimos nos recuperar no Olímpico. Esse jogo me marcou - disse Andrezinho, que foi titular e saiu no intervalo.

Botafogo_9-ultimas_rodadas (Foto: infoesporte)

A torcida do Grêmio vem tendo um desempenho exemplar no Brasileiro. É a segunda melhor média de público pagante, com 20.975, perdendo apenas para o Corinthians (25.228), em números até a 29ª rodada. O time é o vice-líder, com 56 pontos, 16 a mais do que o Botafogo, oitavo colocado.

- Sei muito bem como é isso. Conheço o estádio e a torcida do Grêmio. Vou tentar passar um pouco disso para os meus companheiros para tirarmos proveito - afirmou Andrezinho.

No confronto do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, na estreia de Seedorf, o Botafogo foi derrotado por 1 a 0 pelo Grêmio, no Engenhão. Na ocasião, Andrezinho começou no banco de reservas e entrou no lugar de Fellype Gabriel no segundo tempo.

- O Grêmio vem atravessando um bom momento. É um time com marcação e bola aérea fortes. Fez vários gols assim. O Oswaldo passou um pouco sobre os jogadores para a gente. O espaço de um jogo para o outro é curto. Tem que ser mais na base da conversa - disse Andrezinho