Total de visualizações de página

Dória coloca zagueiros do Botafogo na tabela de artilheiros do Brasileiro

Aos 17 anos, jovem assume posição, faz seu primeiro gol como profissional e elogia o trabalho realizado pelo grupo nas jogadas de bola parada

 

Por Thales Soares Rio de Janeiro


video

Em menos de um ano como profissional, Dória se consolidou rapidamente como zagueiro titular do Botafogo. No dia 8 de novembro, ele vai completar 18 anos de idade apenas e, sábado, contra o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro, marcou seu primeiro gol com a camisa do clube na vitória por 4 a 0, no Engenhão, quando teve o nome gritado pela torcida intensamente.

A comemoração efusiva do menino tem razão de ser. O trabalho do técnico Oswaldo de Oliveira nas jogadas de bola parada deu resultado e, finalmente, um zagueiro conseguiu fazer um gol no Campeonato Brasileiro. Na temporada, apenas Antônio Carlos havia conseguido balançar a rede, no dia 4 de março, na vitória por 3 a 1 sobre o Volta Redonda, pela Taça Rio.

- Estou feliz. Isso foi graças ao trabalho da equipe, que é bastante forte nas jogadas de bola parada. Se passaram alguns jogos e, desta vez, coloquei a bola para dentro. Continuei trabalhando muito forte. Esse gol é de todo mundo - disse Dória.

Neste Campeonato Brasileiro, o jovem zagueiro já havia lamentado um gol anulado no empate em 2 a 2 com o Corinthians. Nas categorias de base, ele costumava fazer gols, assim como em sua origem no futsal, quando atuava como ala e fixo.
  •  
Botafogo 6 últimas rodadas (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)

- Se trabalhar forte, posso sim virar um zagueiro-artilheiro. É uma conquista gratificante para a minha familia. Graças a muito esforço,estou vivendo um momento especial. Vou continuar trabalhando quieto, na minha. Vai ser muito bom terminar o ano assim para abrir as portas para o ano que vem - comentou Dória.

O próximo jogo do Botafogo é contra o Palmeiras, dia 4 de novembro, em Araraquara, no Campeonato Brasileiro. O time está na sexta colocação, com 50 pontos, oito a menos do que o São Paulo, que seria hoje o último classificado para a Taça Libertadores de 2013.

- Todo jogo é uma final. Vamos buscar o resultado do início ao fim sem pensar nos outros resultados da rodada - afirmou Dória.