Total de visualizações de página

Kaká, Luxemburgo, Tite, Oswaldo, Dagol... Vote na Frase da Semana

Técnicos e jogadores disputam a eleição com a primeira mulher chefe da equipe de Fórmula 1 e o primeiro boxeador a revelar homossexualidade

 

Por SporTV.com Rio de Janeiro
 
video


Vanderlei Luxemburgo não quer enganar a torcida, Oswaldo de Oliveira quer mais torcida, Tite não liga para dinheiro e Paulo César Gusmão teme por auxiliar que errou. Os quatro treinadores disputam a Frase da Semana do "Redação SporTV", com Kaká, Dagoberto e dois pioneiros do esporte. Veja todos os candidatos e escolha o seu favorito.


O primeiro concorrente é o técnico do Grêmio, Vanderlei Luxemburgo. O treinador destacou que a campanha de seu time seria suficiente para ser campeão brasileiro em outros anos. Porém, em 2012, um adversário está muito acima do outros.

- Não é culpa nossa se o Fluminense avançou bastante. Quando eu falo isso, não estou abdicando do título. Só não quero passar uma falsa ilusão para o torcedor - afirmou o comandante do Grêmio.
O segundo nome da disputa é o meia Kaká. Após duas partidas na sua volta à Seleção, o craque do Real Madrid espera ter confirmado a sua presença nas próximas convocações.

- Eu acrescentei bastante coisa a esse grupo e posso acrescentar mais. Espero que a comissão técnica tenha gostado.

Tite corinthians portuguesa (Foto: Nelson Antoine / Agência Estado) 
Tite tenta barrar a saída de Paulinho para o
Chelsea (Foto: Nelson Antoine / Agência Estado)
 
 
O volante Paulinho, que também enfrentou Iraque e Japão com a seleção brasileira, estaria na mira do Chelsea, da Inglaterra. Mas o técnico do Corinthians, Tite, não está preocupado com o poderio financeiro dos campeões europeus.

- Dinheiro não compra tudo. Pode ter o dinheiro que quiser. Se o Corinthians não quiser vender, não vende.

Já o técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, mostra preocupação com o comportamento da torcida alvinegra nas arquibancadas do Engenhão.

- Isso tem acontecido aqui. A gente tem três mil pessoas aqui. A torcida do Santos chega no meio do jogo e consegue apoiar o Santos mais do que a nossa torcida -

Depois da derrota para o São Caetano, pela Série B, o técnico do Ceará, Paulo César Gusmão, protestou contra a arbitragem e revelou uma conversa estranha com o auxiliar.

- Já está ficando ridículo. Toda semana tem isso. Ele saiu rindo, sorrindo. Eu falei: "Você tem família, espero que não aconteça nada. Porque a sua consciência e os seus atos vão pesar".
Já o atacante Dagoberto, do Internacional, acredita que os jogadores do Colorado precisam de união, depois das derrotas para Atlético-GO e Figueirense.

- Para "cornetar", criticar, está cheio de gente. Do seu lado realmente, são poucas pessoas. Então, temos que ficar juntos.

Também na disputa, está a nova chefe de equipe da Sauber, Monisha Kalternborn. A dirigente será a primeira mulher a ocupar esse cargo na Fórmula 1, mas não se considera uma estranha no meio dos homens.

- Algumas pessoas que estão entrando na Fórmula 1 agora podem ficar um pouco surpresas de ver uma mulher nesta posição. Mas isso não acontece com os meus colegas de outras equipes, porque eles me conhecem há muito tempo.

Dagoberto atacante Inter (Foto: Tomás Hammes / Globoesporte.com) 
 
Dagoberto, atacante do Inter: chega de 'cornetas' (Foto: Tomás Hammes / Globoesporte.com)
 
Fechando a lista está Orlando Cruz, boxeador portorriquenho. O lutador é o primeiro no seu esporte a admitir ser homossexual e exige não ser tratado de maneira diferente por isso.

- Eu quero ser feliz e quero respeito. Porque eu sou um profissional.