Total de visualizações de página

Jadson se surpreende com primeiro ano como profissional no Botafogo

Volante, de 19 anos, chega a ser titular em 2012, consegue se consolidar no grupo e vive a expectativa de disputar o Sul-Americano Sub-20

 

Por Fred Huber e Thales Soares Rio de Janeiro


video

Durante a temporada, o Botafogo acabou precisando de jogadores das categorias de base. O primeiro a se destacar foi o volante Jadson, de 19 anos, que assumiu a posição de titular com as lesões de Marcelo Mattos e Lucas Zen. Ele já disputou 34 jogos e marcou um gol (veja o vídeo) com a camisa do clube e se consolidou como peça importante no grupo. 
No momento, Jadson é reserva. A dupla de volantes, agora, é formada por Gabriel, também promovido este ano aos profissionais, e Renato. No entanto, mesmo como opção, considera a temporada importante para se firmar como jogador de futebol.

- Eu acho que o ano foi bem proveitoso. As oportunidades que tive e minhas atuações, o conjunto da obra, me deixaram muito feliz. Fiz muitos jogos e vou fortalecido para o ano que vem. É importante estar preparado sempre e trabalhei para isso, mas não esperava que ganhasse essa proporção - disse Jadson.

Além dele e Gabriel, o Botafogo ainda conta com o zagueiro Dória como destaques da base do Botafogo este ano. O grupo tem outras revelações como Gilberto, Cidinho, Jeferson, Vitinho e Sassá, alguns atuando nos juniores, mas com presença constante entre os profissionais.
Eu acho muito interessante ter essa chance (de jogar na Seleção Sub-20). Se tiver a oportunidade vou defender da melhor maneira o meu país, mas, caso isso não aconteça, estarei focado para continuar meu trabalho no Botafogo"
Jadson
- Independentemente de serem revelados ou não na base, o grupo sentiu bastante a não classificação (para a Libertadores) que daria sequência a um bom trabalho. Mas tem que continuar no ano que vem para que o time possa disputar títulos - comentou Jadson.

Para o futuro próximo, o volante tem planos e a convocação para o Sul-Americano Sub-20 está entre eles. A competição será em janeiro e o Botafogo tem outros candidatos, como o goleiro Andrey, o zagueiro Dória, o lateral-direito Gilberto e o atacante Vitinho.

- Eu acho muito interessante ter essa chance. Se tiver a oportunidade vou defender da melhor maneira o meu país, mas, caso isso não aconteça, estarei focado para continuar meu trabalho no Botafogo - afirmou Jadson.

O próximo jogo do Botafogo é contra o Atlético-MG, domingo, no Engenhão, pelo Brasileiro. Com 54 pontos, o máximo que o time poderia alcançar seria o quinto lugar, ocupado no momento pelo Corinthians, com dois pontos de vantagem.