Total de visualizações de página

Túlio deve realizar treinos no Caio Martins, onde tem muitas recordações

Atacante faz exames médicos durante esta semana e inicia as atividades no campo na próxima semana. Estreia será dia 15, contra o Tupi

 

Por Fred Huber e Thales Soares Rio de Janeiro

video
 
 Depois do anúncio do projeto "Túlio a 1000 - 7 gols de Solidariedade", na segunda-feira, Túlio se prepara para viver novamente com mais intensidade o dia a dia do Botafogo. Nesta semana, o atacante, de 43 anos, fará exames médicos para iniciar sua preparação para entrar em campo. O primeiro amistoso está marcado para o dia 15 de setembro, em Juiz de Fora, contra o Tupi.
Por enquanto, Túlio tem feito um trabalho na academia por conta própria, mas deve iniciar os treinamentos no campo na próxima semana. As atividades serão feitas com o time sub-23 que o Botafogo formará para o projeto do milésimo gol de seu ídolo. O local da maioria dos treinos deve ser no Caio Martins, em Niterói. Desta forma, o jogador não ficaria ligado ao time principal, o que poderia ser uma pressão extra em cima do trabalho do técnico Oswaldo de Oliveira.

video


 O estádio de Niterói traz muitas recordações para o atacante e para a torcida alvinegra. No início da trajetória do atacante no clube, muitos jogos eram disputados lá. Alguns deles ficaram marcados na memória. Em 1994, por exemplo, o artilheiro fez três na vitória sobre o São Paulo por 4 a 0 (Rogério Pinheiro fez o outro). Em 1998, Túlio voltou a marcar em uma vitória por 3 a 0 sobre o time paulista (França e Bruno Quadros também fizeram).


video

 Em 1998, o time lutava contra o rebaixamento e Túlio ajudou com um belo gol na vitória por 3 a 1 sobre o Palmeiras (Bebeto e França também marcaram). Naquele dia, o técnico Valdir Espinosa fazia aniversário e foi homenageado pelo irreverente jogador no fim da partida (assista no vídeo ao lado).
Apesar da vontade da maioria da torcida de ver Túlio novamente no time principal do Botafogo, ainda não há uma definição sobre o que irá acontecer. Certo é que ele será inscrito como jogador do clube. A chance existe quando o atacante chegar ao gol 999. Seu desejo é marcar o milésimo no Engenhão, em um jogo com a equipe profissional.